Entre os dias 03 e 07 de junho, o Fórum de Ciência e Cultura realiza, no campus da Praia Vermelha, o I Encontro de Arte e Cultura da UFRJ. O objetivo é reunir as diferentes iniciativas artísticas e culturais produzidas pela instituição no âmbito da pesquisa, ensino e extensão bem como aquelas desenvolvidas por universitários através de coletivos autônomos, iniciativas sindicais e de técnicos administrativos. Em entrevista ao FCC, a Superintendente de Difusão Cultural, professora Patricia Dorneles, explicou um pouco mais sobre o evento. 

“Um dos objetivos com o evento é a gente poder se visualizar melhor. Poder conhecer outras experiências que, às vezes, não chegam a nós, do FCC”. O órgão é responsável por implantar e coordenar a Política Cultural da UFRJ, aprovada no documento Você Faz Cultura, pelo Consuni, em 2014. “Vemos que muitas pessoas da própria UFRJ não conhecem a política cultural gestada pelo Fórum e que é de toda universidade. Então é um bom momento para avaliarmos essa política que a gente vem desenvolvendo”, explicou Dorneles.

O evento contará com mesas-redondas, reuniões públicas e rodas de conversa. As duas primeiras atividades, formadas por colaboradores convidados. Já as rodas de conversa serão formadas pelas iniciativas inscritas que têm intenção de apresentar sua experiência e dialogar com outras que atuam na mesma temática. Segundo Patrícia, além de promover o debate e a reflexão, a chamada para submissão de trabalhos e projetos tem como objetivo criar indicadores culturais da instituição. Sistematizar os dados de modo a melhorar a aplicação da política cultural da UFRJ.

A superintendente lembra que os projetos de arte e cultura não estão necessariamente sendo realizados dentro dos tradicionais cursos de formação artística da universidade. “Há grupos de pesquisa e disciplinas novas que estão surgindo em outros cursos da UFRJ, que trazem a cultura como um tema central e a arte como elemento importante de desenvolvimento e discussão.Queremos nos articular com outras temáticas que fazem parte da política do FCC, como a questão dos mestres e dos saberes tradicionais”, exemplificou.

As discussões estão divididas em doze eixos temáticos, disponíveis para consulta no site do evento: Artes, Culturas Populares e Saberes Tradicionais; Arte, Cultura e Tecnologia; Inclusão, Acessibilidade e Cidadania Cultural; Intervenções Artísticas e Espaço Urbano e Juventude, Cultura Popular e Periferia são alguns dos eixos. “Queremos que os trabalhos sejam dispositivos para a gente construir debates em cima dessas temáticas". 

Para Patricia, é fundamental que a comunidade universitária conheça e inscreva seus trabalhos no evento que, segundo ela, funciona como espaço de construção e resistência. “Em função da atual conjuntura, é sempre bom a gente poder se reunir para repensar as estratégias que a universidade vai construir como resistência a tudo que está aí, principalmente a arte, a cultura e as humanas, que são sempre as ciências mais fragilizadas em momentos como esses. É um bom momento de construir redes de colaboração, sustentabilidade e parcerias”, finalizou.

Para inscrever seu projeto e saber mais sobre o evento, acesse a plataforma do I Encontro de Arte e Cultura da UFRJ. Inscrições até 25/05. Os aprovados terão seus resumos nos anais do encontro.

Serviço
I Encontro de Arte e Cultura da UFRJ
Data: 03/06 a 07/06
Local: Campus da Praia Vermelha
Inscrições: até 25/05
Mais informações:www.arteeculturaufrj.wordpress.com

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ