UFRJ e a UFRGS realizam o Curso de Extensão 'Acessibilidade em Ambientes Culturais'

22 de fevereiro a 24 de março, a distância (EAD) e gratuito

Desde o ano 2013, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) vêm estabelecendo parcerias para promover a formação em Acessibilidade Cultural. Nas universidades públicas, ainda são insuficientes as iniciativas de capacitação e formação na área.

A pauta da acessibilidade cultural para as pessoas com deficiências é recente na politica pública brasileira, apesar das conquistas legislativas e da inserção da demanda no Plano Nacional de Cultura (PNC), no Sistema Nacional de Cultura (SNC) e no conjunto das propostas prioritárias da última Conferência Nacional de Cultura.

Em 2010, o Departamento de Terapia Ocupacional da UFRJ consolidou parceria com a antiga Secretaria de Identidade e Cidadania (SID) do Ministério da Cultura (MinC) para a realização do primeiro Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural.

Os discentes da segunda turma do curso de pós-graduação foram capacitados e serão monitores do Curso de Extensão 'Acessibilidade em Ambientes Culturais'. São 420 vagas destinadas a pontos de cultura, gestores públicos, professores, sociedade civil e outros.

Em breve, inscrição e mais informações sobre o curso de extensão no blog:

www.acessibilidadecultural.wordpress.com

 

FLYER VcFAZCULTURA 2016

              Sala do CONSUNI,12 de janeiro, 13h30  

Toda a comunidade acadêmica da UFRJ está convidada para a Plenária Final do Você Faz Cultura, na 3a feira, 12 de janeiro de 2016,às 13h30, na sala do CONSUNI, na Cidade Universitária.

 Nesta Plenária Final serão discutidas e aprovadas as diretrizes da Política Cultura, Artística e Científico-Culturale o Plano de Ação 2016-2019, a serem encaminhados à aprovação do Conselho Diretor do Fórum de Ciência e Cultura e do Conselho Universitário.

           PARTICIPE - DISCUTA - DECIDA

             VOCÊ FAZ CULTURA. VAMOS FAZER JUNTOS

 

 

 

Discurso Juca

Confira o discurso proferido pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira, durante solenidade de abertura do Emergências, na tarde desta segunda-feira (7), no Rio de Janeiro.

Estamos abrindo nosso encontro Emergências depois de um longo período de preparação junto com os movimentos socioculturais. A palavra emergências nos remete a pelo menos dois sentidos.

Quando idealizamos esse encontro, pensamos apenas em um dos seus sentidos: o sentido de emergir, do que está se constituindo socialmente. O Emergências foi planejado para atender à necessidade de refletirmos sobre as relações da cultura com temas que surgiram nas últimas décadas e estão se afirmando como centrais para a humanidade neste início do século XXI.

Clique aqui e veja a íntegra no site do MinC

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ