Mil cento e treze músicas que contam a história da nossa República, de 1902 a 2002, garimpadas e reunidas em três volumes da obra "Quem foi que inventou o Brasil ?", do jornalista Franklin Martins. Esse foi o tema da palestra apresentada pelo próprio autor, promovida pelo Colégio Brasileiro de Altos Estudos (CBAE), que aconteceu no Fórum de Ciência e Cultura, dia 9 de novembro. 

FRANKLIN PALESTRANDO 1O título da trilogia é um refrão da marchinha "História do Brasil", de Lamartine Babo e Almirante, composta em 1934. Durante quase uma hora, Franklin apresentou trechos de canções que registraram e passearam por acontecimentos históricos do movimento republicano, República Velha, Revolução de 30, dentre outros.

"Praticamente não há fatos políticos relevantes que não tenham sido musicados. Todos os presidentes do Brasil, a partir de 1910, foram citados ou retratados em alguma música, marcando uma característica que chamo de crônica dos acontecimentos", declarou Franklin. O jornalista também abordou a transformação do carnaval, em 1917, em uma festa cantada e brincada na rua, o contexto da época de ouro do Rádio, a bossa-nova (que, segundo ele, não produziu músicas sobre política), o BRock da década de 80, e as expressões musicais artísticas da periferia – rap e funk – que, de acordo com o autor, "retomam, na década de 90, a contribuição para a relação música-política".

Todas as músicas catalogadas e citadas nos três volumes podem ser ouvidas no site http://quemfoiqueinventouobrasil.com/o-livro-e-o-site/

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ