FLYER JIPA

 

“Lutas e Resistências ao Conservadorismo Reacionário” é o tema da VI Jornada de Integração e Pesquisa Acadêmicas (VI JIPA 2018) – Jornada Internacional de Pesquisadores promovida pelo Programa de Pós-graduação em Serviço Social (PPGSS-ESS/UFRJ). o evento é gratuito e acontece nos dias 26, 27 e 28 de março, no Salão CBAE, no Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, com a apresentação de mesas de debates, exposições de fotografia e imagens, apresentação artística e lançamentos de livros. É necessário realizar inscrição prévia.

O objetivo principal do evento é debater, no cenário nacional e internacional, o processo de organização e resistência frente aos sistemáticos ataques a direitos sociais e políticos conquistados nas últimas décadas. A Jornada conta com a participação de pesquisadores, nacionais e estrangeiros, de consolidada trajetória acadêmica na produção de conhecimento com interface de articulação com diferentes movimentos sociais e populares.

Dentre os convidados, nomes como Francisco Louçã, da Universidade Técnica de Lisboa; Oscar Guardiola-Rivera, da Universidade de Londres; Javier Calderón Castillo, da Universidade de Buenos Aires; Henry Veltmeyer, da Universidade de Saint Mary, Canadá; Angelina Peralva, da Universidade de Toulouse; Sérgio Adorno, da Universidade de São Paulo; Qelly Viviane Dias Rocha, da Universidade Federal do Mato Grosso; Flávia Biroli, da Universidade de Brasília; e Marilda Iamamoto, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

As mesas vão promover debates em torno dos seguintes temas: Avanço do Conservadorismo Reacionário; Condições Atuais das Lutas de Classe no Brasil e na América Latina; Violência e Cenários Urbanos; Marxismo, Feminismo e Lutas Sociais; Gênero, Religião e Movimentos Sociais; e Perspectivas Críticas no Serviço Social: Balanço Internacional Europa e América Latina.

FOTO 1. Exposicao Lutas. Pablo Vergara14

A programação cultural inclui a exposição “Lutas e Resistências: Identidades Deslocadas”, do documentarista Pablo Vergara, que também é do MST/RJ. O trabalho fotográfico representa conflitos territoriais e identitários devido à dominação territorial do Estado Nação Brasileiro, conflitos por terras no campo, nas cidades, favelas, periferias, quilombos, ribeirinhos ou territórios ancestrais. É uma reflexão sobre movimentos sociais organizados e suas lutas em período de avanço do conservadorismo mundial refletido em permanentes ataques e criminalizações. 

FOT 2. EXPOSICAO REVOLUCAO

 O público também poderá visitar a exposição “A Revolução em Imagens”, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) da UFRJ. Ficarão expostas 50 imagens em vídeo e 37 imagens comemorativas dos 100 anos da Revolução Russa, marcada por manifestações populares, nos anos iniciais da industrialização no país, levando à derrubada da autocracia russa e o Partido Bolchevique ao poder. A mostra é uma realização do Espaço Memória, Arte e Sociedade, coordenado pela Decania do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH). 

O encerramento do evento fica por conta da Companhia Folclórica do Rio-UFRJ, com a apresentação “Jongo Caxambu”. A Cia é um grupo artístico de pesquisa e de divulgação da cultura popular brasileira, constituído por professores, funcionários e alunos de diversas unidades da UFRJ. Produz espetáculos de música, danças e folguedos brasileiros, promove atividades e eventos científicos e culturais, além de cursos de extensão e para a educação continuada.

Veja a programação detalhada:

PROG GERAL

 

O Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ fica na avenida Rui Barbosa, 762, Flamengo, Rio de Janeiro.

Inscrição antecipada: bit.ly/lut2018

Acompanhe as atualizações no evento:

https://www.facebook.com/events/1663658050369479/

Para outras informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Clécia Oliveira

 

 

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ