Navega UFRJ flyer 16 junho

Você já parou pra pensar em como questões culturais, sociais e políticas atravessam nossas práticas gastronômicas: Quem cozinha? Quem serve e quem é servido? Quem come e quem passa fome? Quais são os espaços e representações historicamente construídos no processo de produção e consumo de alimentos? 

O próximo encontro do Navega UFRJ discute como diferentes marcadores sociais como raça, gênero e classe influenciam nossa relação cultural e histórica com a comida. Esses temas são centrais para o historiador e pesquisador, Abner Sótenos, nosso convidado no próximo encontro do Navega UFRJ.

Também convidamos Lucas Amancio, aluno do curso de graduação em Gastronomia da UFRJ e Rochelly Rangel, ex-aluna do projeto Transgarçonne, ligado à Gastronomia desta universidade, que capacita pessoas trans e travestis para o mercado gastronômico.

O debate dessa vez vai acontecer enquanto os participantes cozinham e trocam receitas. Você não vai perder, né?

📅 16/6 (terça-feira)
⏰ 16h
📍 Facebook e YouTube do Fórum

 

#ParaTodosVerem
Folheto virtual retangular em orientação retrato. No topo, faixa azul ocupa uma parte de treze da altura. Em sua extremidade direita, o símbolo de Interpretação em LIBRAS. Esta faixa é limitada por uma linha horizontal, ondulada, fina e azul-clara, formada por vinte e cinco parábolas intercaladas. Esta linha repete-se abaixo, paralelamente, por mais dez partes da altura, formando entre elas faixas onduladas de azul escuro.
Nesta área de ondas, na parte superior, entre a terceira e quinta linha, a palavra navega em fonte verde-limão e com leve inclinação diagonal para cima. Sobre o V da palavra, o ponto de um ícone de rede sem fio, com seus três arcos ocupando uma região de primeiro quadrante. Abaixo, entre as sexta e oitava linhas onduladas, a palavra UFRJ em fonte laranja e com leve inclinação diagonal para baixo. Acima do espaço entre R e J, o ponto de um ícone de rede sem fio, com seus três arcos em uma região de quarto quadrante. Abaixo, o texto em fonte branca: Arte e cultura em rede.
Abaixo, mais uma linha ondulada e, depois, ao centro, um retângulo azul com o texto: em fonte verde-limão e maior, História Social da Comida: Cultura, Interseccionalidade e Justaposições. Abaixo, em fonte laranja e menor, 16/6 e, depois de um marcador circular, 16h. Abaixo, em fonte branca, Ao vivo no Youtube e no Facebook do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ.

Abaixo do retângulo, lado a lado sobre as ondas, três fotos circulares dos participantes. A base curva destas fotos sobrepõe-se a uma faixa grossa azul, que continua abaixo com os nomes de cada um, em fonte verde-limão, e suas entidades representadas em fonte branca sob cada respectiva fotografia. Ordem das fotos da esquerda para a direita: Foto colorida em primeiro plano de um homem adulto negro, com barba e bigode e cabelos crespos pretos e com corte baixo. Ele veste uma camisa branca, com o botão do colarinho aberto, e usa óculos de grau. Ele sorri de forma contagiante, enquanto encara a lente. Ao fundo, no canto direito, uma parede bege com textura áspera. Margeando esta, pouco mais para a esquerda, uma faixa vertical marrom-escura. Na altura das bochechas, atrás do homem, um muro que ocupa o fundo inferior, também em marrom-escuro. Sobre este, detalhes de três vasos com plantas verdes, sendo o vaso do meio de espada de São Jorge. Entre as plantas, vasa um fundo de parede bege lisa. Na faixa azul abaixo, Abner Sótenos, University of California San Diego.

Ao lado, fotografia colorida em plano americano de um homem preto, magro, na faixa etária de fins de sua segunda década. Ele está com os braços cruzados e veste um dolman, ou jaleco culinário, branco, com bainha larga nas mangas, botões escondidos e colarinho sem abas. Na parte superior de sua manga à direita, o símbolo oval com fundo preto da Minerva da UFRJ, com a figura em cinza e, na parte direita de seu peito, duas palavras bordadas. Sob a cabeça usa um toque blanc, ou chapéu de gastrônomo, com UFRJ bordado na parte frontal. Ele ergue levemente a cabeça enquanto sorri amplamente, o que lhe aperta os olhos. Ao fundo, faixa cinza de uma calçada, depois faixa de grama e, em último plano, ao centro, uma grande árvore. Abaixo, Lucas Amancio, Graduação em Gastronomia / Instituto de Nutrição Josué de Castro / UFRJ.

Por fim, ao lado, fotografia colorida em primeiro plano de uma mulher trans, negra, magra, na faixa da primeira metade de seus anos trinta. Ela veste uma camiseta regata branca e tem cabelos em tranças box braids em tons castanhos-claros. Uma mão sua, na extremidade esquerda, toca suas tranças, enquanto o rosto vira levemente para a direita, fitando o horizonte. Ao fundo, parede em cinza escuro. Abaixo, Rochelly Rangel, Transgarçonne / Instituto de Nutrição Josué de Castro / UFRJ. Abaixo da faixa azul, uma última faixa ondulada acima das duas últimas partes da altura. Nesta, sobre um fundo branco, os logos da UFRJ 100 anos, do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, do PROART - Programa de Apoio às Artes, da Dirac - Diretoria de Acessibilidade da UFRJ e do SUAT - Sistema Universitário de Apoio Teatral. Abaixo, uma faixa azul-escura toma a parte inferior com o texto em fonte branca: Ajude os Hospitais da UFRJ. Saiba como em, agora em fonte laranja, coronavirus.ufrj.br/DOE.

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ