Na melhor tradição dos mestres de banda, o trombonista Everson Moraes, servidor técnico-administrativo da Universidade e instrumentista da Orquestra Sinfônica da UFRJ, escreveu um dobrado, gênero típico das bandas de música, em homenagem ao centenário da instituição.

Solicitado pelo professor André Cardoso a escrever arranjos de obras de Ernesto Nazareth e Pixinguinha para o concerto que abriu as comemorações do centenário da UFRJ, em 7 de setembro, Everson compôs também um dobrado para homenagear a Universidade. Assim nasceu UFRJ 100 anos, que foi gravado pelos sopros e percussão da Orquestra Sinfônica da UFRJ com a regência do professor Marcelo Jardim.

Com a peça Everson insere o nome da UFRJ no repertório das tradicionais bandas de música. Com UFRJ 100 anos, a Orquestra Sinfônica da UFRJ homenageia a Universidade e seu corpo social e encerra sua temporada de 2020.

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ