forum ciencia cultura ufrj reuniao 29 marco 2022 11Fórum reuniu-se para discutir o retorno às atividades presenciais

Para o primeiro semestre, agenda tem show em homenagem ao centenário da turnê de Pixinguinha e os Oito Batutas na Europa e exposição sobre os impactos das mudanças climáticas na Baía da Guanabara

Na última terça-feira (29), a coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura, Tatiana Roque, se reuniu com as quatro superintendências do Fórum para discutir as diretrizes do retorno às atividades presenciais na Universidade e as principais ações que serão realizadas no primeiro semestre de 2022.

Na ocasião, foram apresentadas as duas novas superintendentes do Fórum. Christine Ruta, professora do Instituto de Biologia e do Programa de pós-graduação em Zoologia do Museu Nacional, assumiu a Superintendência de Divulgação Científica — que foi criada neste ano durante a gestão de Tatiana Roque. “Estou bastante animada para este novo desafio que se apresenta na minha carreira acadêmica, sobretudo após conhecer presencialmente parte do quadro do Fórum, pessoas animadas com o trabalho e engajadas com os objetivos da unidade”, disse Christine.  

forum ciencia cultura ufrj reuniao 29 marco 2022 19Na reunião, foram apresentadas as novas superintendentes do Fórum. Na foto: a superintendente de Difusão Cultural, Andrea Adour (à esquerda); a coordenadora do Fórum, Tatiana Roque (ao centro); e a superintendente de Divulgação Científica, Christine Ruta (à direita)

A superintendente de Divulgação Científica destacou que a sua prioridade neste primeiro momento é estabelecer as relações com as unidades e os centros da Universidade. Para ela, é necessário fortalecer o diálogo entre academia e sociedade em um momento em que o discurso científico é politizado e desacreditado. “Com o enraizamento do negacionismo nos tempos atuais, tornou-se vital que cientistas se unam para reverter essa onda de ceticismo”, diz. “Uma das principais metas da superintendência será trabalhar em prol do combate ao negacionismo climático”, ressalta.

Já Andrea Adour, professora da Escola de Música da UFRJ, assumiu a Superintendência de Difusão Cultural (Superdic), que antes era comandada por Adriana Schneider, professora do curso de Direção Teatral da Escola de Comunicação (ECO-UFRJ). O diálogo também é o centro das ações de Andrea à frente da Superdic. “A expectativa é conseguir desenvolver um trabalho de difusão cultural que articule os diversos centros, decanias, arte e ciência. Também queremos evidenciar os nossos grupos e projetos artísticos de representação institucional, projetos muito importantes e de grande excelência da Universidade”, disse. 

A troca de experiências com a população que vive ao redor dos campi da UFRJ é outro foco da sua gestão na Superdic. “É importante o compartilhamento de saberes entre a Universidade e as comunidades de seu entorno. Quero incentivar essa relação através de editais, da ocupação dos diversos territórios e da abertura de espaços para o compartilhamento e o diálogo entre esses saberes artísticos, culturais e científicos”, afirmou. 

De volta ao presencial

Tatiana Roque destacou na reunião a importância do retorno às atividades presenciais depois de dois anos com a equipe trabalhando remotamente. “As atividades presenciais estavam sendo aguardadas há muito tempo. Principalmente no Fórum, que é um órgão cultural, de relação com a sociedade.  Então, é claro que faz muita diferença as atividades serem presenciais”, disse Tatiana.  

forum ciencia cultura ufrj reuniao 29 marco 2022 3
A coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura, Tatiana Roque, destacou que as atividades presenciais são importantes para o estabelecimento do contato com a comunidade acadêmica e com o público externo

Segundo a coordenadora, a reunião alinhou as principais ações que serão realizadas no primeiro semestre. “Vamos retomar as atividades nos nossos espaços voltadas para pautas fundamentais como a Rio+30, sobre a questão ambiental, e outras atividades culturais relacionadas à volta às aulas”, destacou. A agenda do Fórum está cheia para o primeiro semestre. Já neste mês de abril será realizado um show em memória ao centenário da turnê de Pixinguinha e os Oito Batutas pela Europa no dia de encerramento da Semana de Acolhimento, voltada para a recepção dos alunos da UFRJ. 

Ciência e Cultura

O neto de Pixinguinha, Marcelo Viana, fará uma apresentação no evento. Viana, assim como o avô, é músico e tem carreira no samba. O evento está previsto para acontecer no dia 13 de abril no Teatro de Arena do Palácio Universitário, no campus da Praia Vermelha. 

Já nos meses de junho e julho, o Fórum promove a exposição “UFRJ no Rio+30: saberes da Baía da Guanabara”. O evento celebra os 30 anos da ECO-92, conferência sobre meio ambiente que firmou diversos tratados internacionais para a redução da emissão de carbono e contenção das mudanças climáticas. A exposição discutirá os efeitos das mudanças climáticas no entorno da Baía da Guanabara e como a UFRJ pode contribuir para solucioná-los. 

Novo site

Além disso, o Fórum vai estar de cara nova a partir do final de abril. Um novo portal está sendo desenvolvido para ser o novo endereço do Fórum na internet. Com design repaginado e usabilidade aperfeiçoada, o portal faz parte da estratégia da atual gestão de ampliar a divulgação científica e cultural da UFRJ. 

Míriam Starosky, chefe de gabinete do Fórum, explica que o novo portal também será importante para registrar a história do Fórum e impulsionar o diálogo da Universidade com a comunidade acadêmica e o público externo. “A ideia é que seja mais voltado à cobertura das atividades do Fórum e da UFRJ. Será um portal de divulgação científica e cultural”, disse durante a reunião. 

“Estamos desenvolvendo um site mais responsivo e dinâmico, que tem como foco a experiência do usuário. O portal será um espaço de difusão do conhecimento produzido dentro da Universidade e, para isso, é muito importante que a navegação seja simples, intuitiva e, sobretudo, acessível”, destacou Bruna Rodrigues, superintendente de Comunicação do Fórum.

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ