23072012124806aloisio

Nota de Pesar. 

Ex-reitor da UFRJ Aloísio Teixeira morre aos 67 anos. 

Morreu de infarto na manhã de 23 de julho, aos 67 anos, o ex-reitor da UFRJ Aloisio Teixeira. Professor titular do Instituto de Economia, Aloisio dirigiu a universidade entre 2003 e 2011, estando à frente de uma série de conquistas da instituição, como a expansão de cursos e a reserva de 30% das vagas para cotas sociais.

Formado em 1978 pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, Aloisio tornou-se mestre pela UFRJ e doutor pela Universidade Estadual de Campinas. Na UFRJ, também era professor do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia/HCTE.

Durante os oito anos em que esteve à frente da universidade, Aloisio dedicou-se ao fortalecimento dos órgãos colegiados da UFRJ e à universalização do acesso ao Ensino Superior. Enfrentou debates importantes, que permitiram que a universidade pudesse se engajar num substantivo Plano de Reestruturação e Expansão, baseada num Plano Diretor atualizado e modernizante.

Com formação humanista, Aloisio Teixeira afirmava que as Ciências Humanas deveriam ter centralidade no processo de reestruturação da Universidade, instituição indispensável para a construção de um projeto nacional sólido para a nação. Em sua trajetória como economista e administrador público, antes de ocupar o posto de reitor, foi diretor de Planejamento da Finep (1985 e 1986), secretário de Preços Industriais do Conselho Interministerial de Preços no Ministério da Fazenda (1986), superintendente da Sunab (1986 e 1987), secretário de Planejamento da Prefeitura do Rio de Janeiro (1987), secretário-geral do Ministério da Previdência e Assistência Social (1987-1988) e diretor de Administração da Embratel (1993 a 1995).

A universidade decretou luto oficial de três dias. 

(fonte: http://www.ufrj.br/mostranoticia.php?noticia=13025_Ex-reitor-da-UFRJ-Aloisio-Teixeira-morre-aos--anos.html)

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ